outubro-rosa-simboloA propaganda tem o poder de divulgar conceitos e associada a uma causa maior, pode ajudar a mudar o mundo.

O movimento surgiu nos Estados Unidos, em que o mês de outubro é o mês de prevenção ao câncer de mama – com ações de detecção precoce da doença.

Em 1990, a Fundação Susan G. Komen lançou o laço cor-de-rosa, distribuindo aos participantes na Corrida pela Cura realizada em Nova York, promovida anualmente. Surge o símbolo da campanha!

Em 1997 entidades começaram a ações que deram início efetivo ao Outubro Rosa, decorando as cidades com os laços rosa, e posteriormente organizando ações como corridas, desfiles com sobreviventes da doença, etc.

Ficou muito popular pelo mundo a iluminação dos prédios em rosa, uma vez que é possível fazer apenas adequando a iluminação já existente.

 

Outubro Rosa no Brasil

Sabia que a primeira ação no Brasil do Outubro Rosa foi iniciativa de uma marca de cosméticos? Aliada a mulheres simpatizantes a causa, a marca iluminou o Obelisco do Ibirapuera em 02 de outubro de 2002.

Mas a grande repercussão foi se dar mesmo a partir de 2008, após o Instituto Neo Mama (Santos/SP) iluminar de rosa a Fortaleza da Barra (em maio pois era uma ação de mamografias aliada ao dia das mães) – que acabou sendo destaque para a ONG que criou o movimento Outubro Rosa. Isso desencadeou em outubro do mesmo ano a iluminação de monumentos e prédios em diversas cidades do país. Entidades relacionadas ao câncer de mama se unem a empresas para expandir a campanha que hoje está em shoppings, prédios…

 

O rosa está dominando os sites, comunicações e até mesmo mudando temporariamente a cor do logo das empresas. Várias marcas fizeram ações criativas como por exemplo a roda gigante rosa da Avon, o mutirão de mamografias em unidades móveis feito pela Philips, os aviões da Azul adesivados de rosa, e até um vídeo bem humorado da Nestlé em que uma câmera escondida no sutiã flagra os olhares que ele recebeu.

E o que as marcas ganham com isso?

Fazer o bem, faz bem, mesmo para as marcas. Além de divulgar a luta contra esta doença gravíssima, mas com altíssima taxa de cura quando detectada precocemente, que é um ganho para toda a sociedade, a marca que divulga ações sociais como estas traz para si a simpatia do seu público-alvo. Vai reverter em vendas imediatas? Não. Mas se feito com consistência, pode trazer grandes benefícios para sua imagem, além de contribuir para um mundo melhor.

Não é só no Outubro Rosa que sua marca pode se engajar. Veja outros exemplos nesta outra matéria em nosso blog.

 

Fonte: outubrorosa.org.br

 

Gostou dessa matéria? Assine nosso newsletter semanal:

* Campo obrigatório




2 Responses to “Outubro Rosa. Como surgiu e a relação com a propaganda.”

Responda