“A competição desperta o que há de melhor nos produtos. E o que há de pior nas pessoas”. A frase, de David Sarnoff, é um retrato fiel do que acontece com a propaganda quando há uma disputa muito intensa por um espaço na mente, coração e bolso do consumidor.

Selecionamos alguns casos célebres de guerras publicitárias que ficaram para a história da propaganda.

coca_x_pepsi

Coca-Cola e Pepsi travam uma eterna disputa que já produziu anúncios épicos. Este aqui é o mais recente dos casos, em que a Pepsi publicou um anúncio de Halloween “We wish you a scary halloween” e a Coca respondeu, via site de humor 9gag “Todo mundo quer ser um herói” – uma vez que a “roupa de coca-cola” que a latinha de Pepsi está vestindo parece uma capa mesmo de superherói.

ZecapagodinhoResposta-schin-traíra

E o caso da Nova Schin x Brahma, você se lembra? A Nova Schin contratou o Zeca Pagodinho, famoso brahmeiro, para experimentar a nova cerveja na campanha do “Experimenta”. Só que a Ambev (Brahma) pagou para Zeca “voltar” a tomar sua antiga cerveja, bancando inclusive a quebra de contrato. Para rebater, a Schin lançou uma campanha com humor sarcástico, a que se refere a Zeca como Traíra. O caso foi até o Conar que pediu a suspensão da campanha com Zeca pela Ambev. Mas houve tempo suficiente para impactar o consumidor, afinal de contas, você lembrou do case, não é mesmo?

Esta é um caso de mobiliário urbano extremamente agressivo do Mac Donald´s x Subway. A marca não tem uma guerra declarada especialmente contra o Subway, mas já foi protagonista de grandes batalhas contra o Burger King (veja neste post um exemplo, e também neste).

mac_donalds_subway
E que tal conferir um clássico? Mon Bijou x Comfort. Neste caso, a Mon Bijou já lançou a campanha preparada para ser pega pelo Conar. Como?

Lançou sua campanha na sexta a noite, iniciando no intervalo do Jornal Nacional, com veiculação intensiva no final de semana para fixar bem a marca. O Conar, a partir da segunda-feira, deliberou pedindo a suspensão da propaganda.

A resposta entrou imediatamente no ar, pois já estava pronta:

Sacanagem? Bom, a marca se aproveitou de uma brecha e, seguindo as determinações, conseguiu o resultado pretendido. Na nossa opinião, foi uma grande sacada. Mas a frase com que iniciamos a matéria já diz tudo, quando se trata de concorrência, céu e inferno ficam muito próximos!

O fato é que, se você é uma marca entrante, não tem nada a perder combatendo a marca líder. E se você é a marca líder, precisa blindar a imagem de sua marca e estar preparado para dar respostas rápidas.

Está precisando bater um pouco na sua concorrência, mas sem perder a classe? Para fazer propaganda bem elaborada, conte com a Edhy Marketing. Conte-nos seu caso, podemos ter uma solução para surpreender o mercado.

 

Gostou dessa matéria? Assine nosso newsletter e receba nosso email semanal:

* Campo obrigatório




Responda