Depois do grande passo dado pela humanidade ao pisar na lua, o próximo será por os pés em Marte.

Pelo menos esta é a intenção do Projeto Mars One, iniciativa liderada pelo cientista holandês Bas Lansdorp, para um ambicioso plano de colonizar o planeta vermelho numa viagem sem volta a partir de 2025.

Para esta missão, o programa abriu inscrições para civis interessados em fazer parte do que seria um Big Brother extraterrestre.

As inscrições encerraram-se em 31 de agosto do ano passado com mais de 200 mil inscritos. Dessas inscrições serão selecionadas apenas 24 pessoas.

O custo de levar os primeiros humanos a Marte é estimado em US$ 6 bilhões, e o lançamento do primeiro reality show interplanetário da História espera que grande parte do financiamento venha de patrocinadores e parceiros, como universidades com experimentos que esperam ser transportadas na missão. Mas qualquer pessoa ou instituição que quiser fazer doações para o projeto Mars One, pode fazê-lo no site de financiamento coletivo Indiegogo.

Em dezembro passado, o Mars One ganhou um aliado de peso com a entrada da gigante aeroespacial americana Lockheed Martin, que teria a missão de desenvolver o estudo conceito de uma sonda não tripulada que chegaria a Marte em 2018, precedendo a missão tripulada.

mars-one

À parte a revolução geral que esta empreitada (se concretizada) significa, a indústria da mídia pode aguardar um boom em forma de publicidade, eventos, produtos, promoções e infinitas ações de marketing.

E marketing é isso mesmo. É explorar outros terrenos e testar as novas possibilidades que surgem no momento em que elas surgem ou, se possível, até antes. Porque para fazer diferente da concorrência é preciso estar sempre um passo à frente. Faça diferente, faça com a gente.

Fonte: El Hombre, Indiegogo, Terra

Responda