o-papa-e-popPapa Francisco foi eleito pela Times a personalidade de 2013. E o que isso tem a ver com propaganda? Tudo.

Propaganda vem do latim propagare, equivalente ao português propagar, A atual palavra “propaganda” nasceu da abreviação de Congregatio de Propaganda Fide estabelecida em 1622 pelo Papa Gregório XV para supervisionar a propagação da fé cristã nas missões estrangeiras.

Ou seja, a origem da palavra propaganda já remonta à fé católica.

Quem nunca ouviu o termo, “O papa é pop”, cunhado na época de João Paulo II, o papa que começou a usar a mídia para se comunicar como nunca antes foi usado por outro papa.

Agora temos o Papa Francisco, que foi escolhido em um momento em que a Igreja Católica precisava de um sopro de frescor e renovação. Na frente de toda uma estrutura de propaganda (no sentido da propagação da fé) está um papa carismático, simples e humilde, que abriu mão emblematicamente de toda a pompa. Sua cruz não é de ouro, é de ferro. Abriu mão do Mercedes papal por um Ford Focus usado.

Por trazer a Igreja Católica para mais perto de seu público-alvo, os fiéis, refletindo seus anseios, por ser uma pessoa com eles se identificam, por realmente fazer “propagar” mensagens que fazem sentido e orientam seus fiéis, ele mereceu o título de personalidade do ano por esta conceituada revista americana (uma nação que nem é predominantemente católica, diga-se de passagem).

 

E o que sua empresa pode aprender com o Papa?

Transmitir os valores da marca de uma forma que seu público-alvo se identifique, nos meios de comunicação certos, de forma honesta, é a melhor comunicação para seu produto/serviço. Quem conhece a Edhy sabe que é isso que sempre pregamos para nossos clientes. Dá pra dizer a verdade, de forma simples e criativa. E obter muitos resultados. Podemos fazer muito pela sua empresa, conheça melhor a Edhy.

 

Leia mais: TIME

Responda