Fotos são o combustível das redes sociais

fotos-redes-sociais

Uma imagem vale mais do que mil palavras? Nas redes sociais sim.

Apesar da grande popularidade dos vídeos, hoje, 70% de todas as interações feitas pelos mais de 800 milhões de usuários da rede são relativas a fotos. Ou seja, a fotografia ainda fisga nosso olhar. Simultaneamente, dentro da web – e também fora dela –, a fotografia não para de se multiplicar.

Além da câmera digital, há mais três elementos a alimentar essa evolução: os celulares, que incorporaram as câmeras, as redes 3G, que permitem a transmissão de dados (e de fotos) em alta velocidade, e, por fim, as redes sociais, que facilitam sua distribuição.

Segundo pesquisa da empresa da análise de mercado NPD Group, em 2011, 27% de todas as fotos produzidas pelos americanos foram feitas a partir de smartphones – um avanço de 60% em relação ao ano anterior. A tendência é que o processo se acentue com o avanço da rede 3G, usada por 1,2 bilhão de pessoas e que, em 2016, deve se estender a 10 bilhões de aparelhos, segundo a União Internacional de Telecomunicações. Isso vai municiar um exército de fotógrafos.

Estima-se que, a cada dois minutos, tiram-se pelo mundo mais fotos do que todo o século XIX produziu.

As redes sociais facilitam a disseminação de fotos. O facebook, por exemplo, está cada vez mais adaptado para o uso de imagens, sendo que temos também redes em que as fotos são  estrela das postagens, como o Instagram e o Pinterest, que estão cada vez mais fortes.

 

Para as empresas

As fotos são os posts mais compartilhados em redes sociais. Então é preciso caprichar para a mensagem de sua empresa sair bem na foto.

Uma boa idéia também é fazer promoções usando fotos. Por exemplo, aliando o uso do produto a fotos tiradas por consumidores, ou então, se sua empresa é B2B, fotos da decoração das lojas que vendem seu produto. Promoções culturais envolvendo fotos também podem ser uma boa ideia, entre outras tantas que é possível fazer para gerar grande repercussão e envolvimento para a divulgação da sua marca. Lembrando que é preciso seguir a nova regulamentação para promoções em redes sociais.

Vendendo através de redes sociais de fotos

O Pinterest é um grande divulgador de produtos e é a rede mais adaptada ao e-commerce de todas. Segundo pesquisa da Insights Bizrate, nos EUA, 69% dos usuários que acessam o serviço afirmaram ter encontrado produtos que gostariam de comprar, contra apenas 40% do Facebook. Ainda segundo a pesquisa, 70% dos entrevistados acessam o Pinterest para buscar inspirações para suas aquisições, enquanto apenas 17% o fazem no Facebook.

Esta tendência tende a se repetir para o Brasil – nos EUA, o Pinterest testa a inclusão dos botões “Want” (Quero) e “Collect” (Colecionar) para coletar itens dentro da rede social. No Brasil, a empresa disponibilizou uma função para coleta de descontos. E  na seção Gifts, o usuário pode encontrar diversos itens disponíveis para a compra divididos por faixa de preço (US$ 1–20, US$ 20–50, US$ 50–100 etc). Após acessar um item, o cliente pode ir diretamente para o site da loja.

Sua empresa precisa ficar de olho nesta rede.

 

Quer usar a foto como combustível para a divulgação de sua empresa? Fale conosco.

 

 

Fonte: Exame (matéria 1, matéria 2)

Responda